terça-feira, 22 de setembro de 2020

Resenha "Um estranho sonhador" da Laini Taylor: amor por livros, aventuras e muita fantasia

Oi, gente! Hoje eu vim falar sobre uma das minhas últimas leituras do Kindle Unlimited: Um estranho sonhador da Laini Taylor.

Fig. 1 "Um estranho sonhador" da Laini Taylor, versão para Kindle. Aparelho com a capa do livro cercado de livros, flores e cristais.

Como já comentei aqui, estava muito curiosa para ler algo dessa autora e não me decepcionei! Esse é um daqueles livros que a gente começa já tendo certeza de que vai gostar, rsr.

EM POUCAS PALAVRAS

Uma fantasia voltada para o público jovem adulto que fala sobre uma cidade perdida e conflitos entre homens e deuses, diferentes realidades, vivências, atitudes. Dentre muitas aventuras, também fala sobre sonhos e luta contra o ódio, tudo isso com um protagonista bibliotecário sonhador apaixonado por livros!

terça-feira, 15 de setembro de 2020

Sobre sumiços, rotina, motivação e uma carta muito louca

Oi, gente! Tudo bem com vocês?

Não sei se notaram, mas dei uma sumidinha de duas semanas por aqui e, para não ficar uma terceira, resolvi vir conversar um pouquinho com vocês e trazer uma brincadeira para descontrair.

Fig. 1 Livros utilizados para escrever a Carta Estranha: Foras da lei barulhentos (...) - Vários autores, Fim - Fernanda Torres, O senhor dos anéis - J. R. R. Tolkien, O castelo nos Pirineus - Jostein Gaarder.

Primeiramente, só para explicar o sumiço. No último dia 30 o Instagram me pregou uma peça e fiquei bloqueada por quase uma semana desesperada sem saber o que fazer. Bagunçou toda a minha rotina, me fez criar teorias mirabolantes, me desmotivou, mas agora estou voltando. No fim das contas, era só um bug. É impressionante como uma "coisinha" besta pode afetar tanto a gente, né? Depois de toda essa loucura eu com certeza passei a valorizar muito mais o meu cantinho aqui no blog, uma pena que a rotina da vida continua louca e eu ainda não pude investir meu tempo em melhorias por aqui.

Como a vida é feita de hábitos, para me ajudar com o retorno, também irei estabelecer novas rotinas por aqui. As publicações agora serão feitas nas terças-feiras (meu novo dia de folga no trabalho, rsr) e começarei esse novo ciclo respondendo uma brincadeira que vi no perfil do @nerdvino. É só seguir os passos e escrever uma "carta estranha".

segunda-feira, 24 de agosto de 2020

Livros e sonhos, vida e outras questões: refletindo com quotes de "Um estranho sonhador"

Oi, gente! Tudo bem? Hoje trago para vocês um post diferente, que talvez venha a ser um novo quadro por aqui: refletindo com quotes, que tal?

"Um estranho sonhador" da Laini Taylor foi uma leitura que me inspirou muito e em breve trarei uma resenha desse livro para vocês. Enquanto isso, resolvi compartilhar uma seleção de quotes que, dessa vez, não queria só deixar aqui à esmo. Que tal refletir um pouco em cima deles?

Fig. 1 "Um estranho sonhador" - Laini Taylor no Kindle.

"Os livros podem ser imortais, mas nós não somos. Você desce para as estantes uma manhã e, quando sobe, tem uma barba até a barriga e nunca criou um poema para a garota que conheceu patinando no Eder." p. 23

segunda-feira, 17 de agosto de 2020

Taxação em cima dos livros? #DefendaOLivro

Oi, gente! Tudo bem?

Na última semana tivemos notícias não tão boas na política para os nossos amigos livros, então estou bem chateada e preocupada. Vocês estão acompanhando as notícias sobre o projeto de reforma tributária que prevê taxação em cima dos livros?

Fig. 1 Ilustração do livro "Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban" com aluna de Hogwarts pronta para batalha ao lado de uma pilha de livros a serem salvos. Em cima, caneca com frase "o livro era melhor".

Pois é, isso levantou muitas discussões por aí, surgiu o movimento #DefendaOLivro e eu não poderia estar de fora dessa!

segunda-feira, 10 de agosto de 2020

Audiobooks: ler ou ouvir, eis a questão

Oi, gente! Tudo bem?

Vocês já tentaram ouvir audiobooks ou semelhantes? Já faz um tempinho que eu planejo falar sobre esse assunto aqui com vocês. Se você é desses que tem um certo bloqueio ou preconceito com essa forma de leitura, que tal repensar um pouco?

Fig. 1 Livros físicos ou audiobook? Na foto: livros, fone de ouvido, flores e uma plaquinha escrito "all you need is love".

segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Zona de conforto: sair ou ficar?

Oi, gente! Tudo bem?

Passando aqui hoje para conversar um pouquinho sobre a tão falada "zona de conforto" (há um ano comentei sobre isso aqui e nem lembrava, mas lá vamos nós de novo). Será que é melhor tentar sair ou ficar nela?

Nas últimas semanas comentei sobre leituras que me tiraram da zona de conforto, mas que foram boas experiências (lendo uma autobiografia ou um contemporâneo/romance YA). Sair da zona de conforto é sempre um risco, né? Por isso é melhor que a gente esteja pronto para se decepcionar ou, no mínimo, viver experiências inusitadas. A gente simplesmente não sabe como vai ser e isso por si só é algo curioso. Não deixa de ser um tipo de mistério e eu amo a sensação de desbravar aventuras literárias, descobrir o que elas podem me trazer sem muitas expectativas. Viver novas experiências é ótimo. Com livros, pelo menos. É mais fácil desapegar se estiver sendo ruim, rsr (não necessariamente, mas a gente finge que é).

Mas é lógico que nem sempre a gente tá com cabeça para arriscar.

segunda-feira, 27 de julho de 2020

Resenha "Dumplin'" de Julie Murphy e a gordofobia na adolescência

Olá! Tudo bem com vocês?

Nesse fim de semana terminei a minha primeira leitura do Kindle Unlimited (comentei sobre a assinatura no post anterior): Dumplin' - Julie Murphy. Essa foi a leitura de julho do Clube do Livro Entrelinhas e, em tempo record, trago aqui a resenha!

Fig. 1 Dumplin' - Julie Murphy no Kindle sobre minhas pernas com celulites.

EM POUCAS PALAVRAS 

Um livro leve voltado ao público jovem sobre gordofobia, luto, amizade, romances, bullying, representatividade e sororidade em uma narrativa muito empoderamento feminino. 

SOBRE O LIVRO 

❝Às vezes, descobrir quem você é implica entender que o ser humano é um mosaico de experiências.❞

Nessa história acompanhamos a vivência da Willowdean — apelidada de Dumplin' pela mãe —, uma personagem com múltiplas camadas. Ela é uma adolescente gorda que precisa lidar com muitas questões comumente difíceis nessa idade, mas mais difíceis ainda quando se é uma garota fora do padrão. A relação mãe-filha é complicada, uma vez que sua mãe é ex-miss e diretora do evento mais importante da cidade, o Concurso Miss Jovem Flor do Texas. Will recém perdeu a tia; de quem era muito próxima, que também era gorda e a compreendia muito bem; e no meio do turbilhão da adolescência, ela também precisa lidar com esse luto. Da sua tia herdou a idolatria pela Dolly Parton, que é algo que compartilha com sua melhor amiga, Ellen. El é uma menina padrão que nem sempre entende tudo o que a Will passa, apesar de ter boas intenções, e isso acaba gerando novos conflitos.